Informações sobre a Turquia
 
Turquia, país ponte entre a Europa e a Ásia, é a sua entrada para o exotismo do Oriente. País romântico de grande beleza natural oferece encantos de grandes montanhas, florestas e costas que fascinaram os antigos, e que decerto o irão também fascinar.
O rico passado histórico o levará a descobrir em cada canto da Turquia, testemunho de um passado distante, de grandes civilizações como os Hititas, Gregos, Romanos, Frígios, Persas... É um país de lembranças e tradições, de locais simples e sagrados: mosteiros, mesquitas, igrejas, túmulos de santos, heróis, poetas, fortalezas, palácios, onde as religiões viveram em conjunto sem discriminações. Contraste visual entre as espantosas extensões desérticas da Capadócia e os jardins luxuriantes da costa turca. Contraste econômico entre a vitalidade comercial de Istambul e as fortes raízes rurais de pequenas aldeias típicas. Este país que tão bem sabe misturar os gêneros, proporciona ao viajante um prazer raro, o de cada dia encontrar uma nova surpresa. A esta herança histórica e cultural associa-se a hospitalidade lendária, simpática, e a sensibilidade do povo Turco.
Bem Vindo à Turquia! Ou como se diz em turco: Hosgeldiniz!

 

Moeda: TL (Türk Lirasi - Lira Turca)

Vacinas:
Não são obrigatórias vacinas para quem visita a Turquia.
 

Alfândega
Pode-se sair do país com todo tipo de souvenirs, mas atenção às mercadorias mais valiosas, como por exemplo, os tapetes. Para evitar problemas com as autoridades deve-se ter os comprovantes de compra. Para os objetos de artes preciosos; é obrigatório apresentar uma fatura aos serviços de alfândega que por sua vez são obrigados lhes pedir um certificado especial da Direção dos Museus. (a exportação de antiguidades é proibida).
Deve guardar igualmente todos os recibos de câmbio que lhe permitirão provar a origem dos fundos que serviram para pagar as suas “recordações”.
Para evitar problemas, poderá pagar com cartão de crédito ou com divisas.
 
Todas as formas de pagamentos são aceitas junto dos numerosos comerciantes, nos hotéis e nos restaurantes de boa categoria. O cartão Visa é o mais divulgado.

 

Visto:
Os brasileiros não precisam de visto para entrar na Turquia. Será suficente um passaporte de no mínimo 6 meses de validade.

 

Embaixada da Turquia em Brasília
Ses - Av. das Nações - Qd. 805 - Lote 23 - Brasília - DF - Cep:70452-900
Tel:(061)3242 1850/3244 4840 Fax:(061) 3242 1448

 

Embaixada do Brasil na Turquia
Reþit Galip Cad. Ýlkadým Sok. No:1 
06700 - G.O.P. - ANKARA
Tel.: (+90 312) 448 1840 Fax: (+90 312) 448 1838

 

Diferença horária
Em todo o seu território a Turquia possui o mesmo fuso horário: TMG + 3. Tem mais mais 6 horas que o Brasil que cai as vezes à 5 e à 4 horas. .

 

Horários públicos
As lojas abrem geralmente todos os dias, exceto ao Domingo, das 9às 19 horas.
Os bancos e as repartições públicas abrem de 09.00 às 12.00horas e das 13.30 às 17.00. Não abrem aos Sábados nem aos Domingos.


Clima   
Turquia se insere no âmbito do clima temperado quente mediterrânico. O seu clima é caracterizado por importantes diferenças entre as costas e zonas interiores. Sobre a planaltos têm um clima típico de deserto frio, como na planície de Konya. Nas zonas costeiras, no entanto, existem climas temperado quente ou temperado frio típicos da zona mediterrânica.

Existem três zonas climáticas: o mediterrâneo, o continental e  o  do Mar Negro. O Mediterrâneo, com verões quentes e invernos suaves (média Janeiro 10°C), inclui as áreas costeiras do oeste e sul da Turquia, em alguns pontos, no sul, as temperaturas médias são muito elevadas no verão (em Adana, 28°C em julho). A precipitação é relativamente abundante, em média 500-700 milímetros anuais, e recai principalmente no outono e inverno.

O Planalto Anatólico tem um clima continental, o inverno é severo com a neve e o gelo e alcançando temperaturas -20°C, onde há apenas chuvas nos meses de inverno, relativamente fracos (500 mm mas inferior a 300 na planície de Konya). O verão é quente e seco com temperaturas cerca de 30°C a 40°C e costuma haver grandes diferenças de temperatura entre dia e noite; no leste da Anatólia este clima é cada vez mais extremo.

Na costa do Mar Negro, o clima é ameno, caracterizado por uma boa precipitação (com picos de 2.000 mm e acima), distribuídos regularmente durante o ano; as temperaturas médias são, contudo, consideravelmente mais baixos do que em outras zonas marítimas do país, isto é devido aos verões excessivamente quentes, e aos invernos muito frios (média de janeiro 6°C).

Istambul tem invernos frios e úmidos, frequentemente nevado, os meses de inverno a partir de Novembro a Fevereiro são aqueles com maior pluviosidade. Na primavera as  temperaturas oscilam entre 12°C e 21°C. Os verões são leves, relativamente secos, com uma temperatura média entre Junho e Setembro de 26°C, com máxima de cerca de 28°C e mínimas em torno de 18°C. Istambul tende a ser uma cidade ventosa. Primavera, verão e outono são as melhores épocas para visitar Istambul. Na costa do mar Egeu e nas costas mediterrânicas   nesses períodos o clima é quente, e agradável. 
 
23_E
23_E nazar-degmesin-pacotes-fui-viagens-turquia turquia-viagens-pacotes 23_Y 23_H 23_A 21_E 23_B 23_K 21_B 21_C 23_C 23_D 23_F 21_D 23_J 23_L 23_N 23_O 23_P 23_M 23_R 23_S 23_T 23_U mapa_23_V mapa_23_V 23_Z 21_F 24_J 24_B 24_C 24_E



O litoral do Mar Negro é melhor visitá-lo entre Abril e Setembro, ainda haverá chuva, mas não tanto. A melhor época para visitar a leste da Turquia é desde finais de Junho a Setembro.

Regras de cortesia

País de tradição mulçumana, mas laico, a Turquia não possui legislação específica sobre o consumo de álcool. No entanto, é de bom tom abster-se de beber em público durante o período do Ramadão, em especial nas cidades pequenas ou nas aldeias, onde as prescrições do Corão são ainda muito respeitadas. Estes mesmos turcos não apreciam ser fotografados, igualmente por razões de ordem religiosa.
Portanto, para fotografar alguém deverá previamente, pedir licença. Para entrar numa mesquita, deve tirar o calçado e vestir roupas que cubra o máximo possível do seu corpo, (logo não poderá entrar usando shorts, mini-saia, vestidos ou camisas de alças, etc.). Em certos locais de oração, pode ser pedido às mulheres para cobrirem a cabeça com lenço.
Se fizer compras nas lojas de recordações, deverá regatear o preço, obedecendo assim a uma regra elementar de cortesia.
Deve aceitar as regras e não recusar um chá natural ou de maçã que lhes oferecerem. Evite regatear um preço se não tiver a intenção de comprar. Não deve faltar à palavra uma vez acertado o preço.

Gastronomia
A cozinha turca, rica e variada, é considerada como uma das melhores do mundo. Geralmente as refeições iniciam-se com uma salada de tomate, pepino, pimentão e cebola. Segue-se uma sopa, as vezes condimentada, (“tarhana”) creme de lentilhas, almôndegas de carne, ovos com tomate, queijo, e pimentão (“menemen”), sopas de iogurte e de hortelã (“yayla”).

  

A berinjela, legume-rei na Turquia, vai revelar as suas infinitas possibilidades: em purê, servida quente (“hunkar begendi”), frita e acompanhada de iogurte (“patlican tava”), em salada depois de grelhada e pelada (“patlican salata”), com carne (“patlican kebab”), recheada e servida quente (“karniyarik”) e com recheio de cebola e tomate (“imam bayildi”)... O prato principal é muitas vezes de peixe ou de cordeiro acompanhado de legumes frescos. O kebab, espetada de carne grelhada, é um prato típico por excelência da Turquia. O kebab mais reputado é o “Sis kebab”, servido com arroz(“pilav”).
Para conhecer bem a gastronomia turca, escolha os pequenos restaurantes (“lokanta”), que oferecem um grande número de especialidades numa atmosfera típica, a preços muito acessíveis. Aí poderão saborear as tripas grelhadas (“kokoreç”), a galinha à georgiana (“çerkez tavugu”), pequenos “ravioli” (“manti”), o guisado de carneiro (“guveç”), os legumes recheados de carne e de arroz (“dolma”), ou cozinhados em azeite e servidos frios, os folhados recheados de carne ou de queijo (“borek”), o pilaf de milho triturado (“bulgur”) e o pilaf de arroz, pinhões e sultanas. As especiarias são indispensáveis na preparação de numerosos pratos. Os restaurantes mais caros, “Gazino”, oferecem menus mais elaborados e música ambiente.
À noite, o mais habitual é saborear os tira-gostos, dispostos em pequenos pratos.
Estes são feitos de fatias de língua de vaca (“dil”), queijo branco (“beyaz peynir”), salada de pepino com iogurte (“cacik”), uma salada chamada “do pastor” com tomate e cebola (“çoban salata”), feijão em salada (“barbunya pilak”), mexilhão recheado (“midye dólmã”), mexilhão frito acompanhado de um molho de alho e noz (“midye tava”), ovas de peixe (“tâmara”), anchovas secas (“ciroz”), atum fumado (“lakerda”), camarão (“karides”), folhas de uva recheadas (“yaprak dolma”), fígado defumado (“pastirma”) purê de favas (“fava”).
Será uma pena se não deixar espaço no estomago para saborear as sobremesas.
Os “baklava”folhados cobertos de xarope de açúcar ou de mel, recheados de amêndoas, noz ou pistachio e cortados em quadrados ou triângulos. Os “lokums” feitos a base de uma pasta de amêndoa, pistachio ou fruto seco, e depois cortados em quadrados. Existem outras variedades: os “muhallebi” são dôces açucarados de leite e arroz, fécula ou frutos. Regale-se com toda a espécie de guloseimas, bombons, chocolates e o famoso “helva” à base de sementes de gergelim.
Encontraram-se igualmente muitos frutos frescos: cerejas, ameixas, damascos, pêssegos, pêras, maçãs, melões, melancias, laranjas, tangerinas, bananas, figos e uvas. Os frutos secos são igualmente uma especialidade turca: amêndoas, nozes, pistacho, avelãs, amendoim, sementes de girassol e de abóbora, figos secos e pasta de frutos diversos...
Se desejar conhecer a arte culinária turca, não hesite em vagar pelas ruas onde poderá comprar pequenas espetadas, e admirar os pães na forma de anel, cobertos de sementes de gergelim (“simit”) que as crianças transportam habilmente na cabeça e saborear os sucos de frutas frescas servidos pelos vendedores ambulantes
.

 

Algumas Sugestões de Bebidas
Cervejas: Efes Pilsen, Tuborg (na Turquia, fora dos bares especializados, só se encontra cerveja clara).
Vinhos tintos: Kavaklidere Yakut***, Doluca antik***, Vila Doluca**, Kavaklidere Primier**.
Vinho rose: Kavaklidere Lal***
Vinhos brancos secos: Kavaklidere Çankaya***, Doluca antik***, Vila Doluca**, Doluca nevsah***, Kavaklidere moscado***.
Vinhos brancos meio-secos: Kavaklidere Moscado***.
Vinhos brancos doces: Kavaklidere Sultaniye***

Links Relacionados
Termos de Uso do Portal
Este portal é de propriedade da Fui Viagens e Turismo, a qual se exime de qualquer ônus decorrente do mal uso das informações aqui disponíveis. Todo conteúdo - texto, imagens, vídeos, links -  deste portal é de propriedade intelectual privada. Sua divulgação - mesmo que parcial - não está autorizada.

Fui Viagens - Nossa Sra. de Copacabana 1183 Cobertura 2 - CEP 22070-011- Rio de Janeiro - Tel: +55 21 2227 3164 - 2113 9050 - info@fuiviagens.com.br
Horários de funcionamento: De Segunda à Sexta: 09:00 - 18:00 - Sábado e Domingo: Fechado
© 2019 FUI VIAGENS BRASIL - Todos os direitos reservados