Informações sobre a China

 

Sichuan – Natureza e Fé
Tudo sobre Sichuan
Nome: Si Chuan
Localização: Sudoeste da China
População:  82 milhões (dados do ano de 2010)
Superfície: 485,000 Km²
Atrações mais importantes
Centro de Criação de Urso Panda de Chengdu
Como Tesouro Nacional da China, o urso panda é considerado um dos animais mais raros do mundo. O número total estima-se em 1.500, incluindo os que vivem em estado selvagem, representando 80% dos quais se encontram na província de Sichuan.
Fundado em 1987, o Centro de Criação de Urso Panda de Chengdu é o único de seu tipo no mundo que está situado em uma área metropolitana. Com a finalidade de proteger melhor aos pandas gigantes selvagens, Chengdu tem estabelecido reservas naturais em suas localidades.
Grande Buda de Leshan
O Grande Buda de Leshan é a estátua esculpida em pedra de Buda, a mais alta do mundo. Foi construída durante a dinastia Tang. Em 1996, a Unesco incluiu o Grande Buda de Leshan juntamente com a paisagem panorâmica do Monte Emei, na lista dos lugares considerados Patrimônios da Humanidade.
A escultura, que tem uma altura de 71 metros, representa um Buda Maitreya, este que do sânscrito maitri, significa amistosidade, com as mãos apoiadas sobre os joelhos. Os ombros medem 28 metros de largura e o menor dos dedos do pé é suficientemente largo para que uma pessoa possa sentar. Um ditado popular diz: A montanha é Buda e Buda é a montanha. A origem desta frase está no fato de que a montanha em que se encontra o grande Buda tem uma silhueta que lembra um Buda deitado.
Monte Emei
O Monte Emei é uma das quatro montanhas sagradas do budismo da China. O protetor da montanha é Smantabhadra, chamado em idioma chinês por “Puxian”. Neste monte encontra-se o primeiro templo budista construído na China no século II, encontram-se também dezessete mosteiros construídos durante o período da Dinastia Qing, onde maioria estão localizadas próximas ao topo, que está frequentemente coberto por névoa. Quando as condições meteorológicas são favoráveis, é possível observar a luz do Buda, um fenômeno de refração que é produzido sobre as nuvens. Antigamente, numerosos peregrinos se lançavam ao vazio perante este fenômeno, acreditando que Buda os estava chamando. O Monte Emei foi declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em 1996.
Jiuzhaigou
Situa-se na prefeitura autônoma de Aba, da etnia Zang e Qiang, a oeste da província de Sichuan. É um vale que tem a forma da letra “Y”, com uma profundidade de mais de 40 Quilômetros, onde nove aldeias tibetanas estão instaladas. Por isso, as pessoas denominam este lugar como Jiuzhaigou (Vale com nove povoados). A água constitui a alma de Jiuzhaigou, pois é considerada um elemento mágico da charmosa natureza. Nas bacias se veem espalhados mais de 100 lagos de montanhas, de diferentes formas, com água clara, transparente e de variadas cores. Os tibetanos do lugar os chamam de “haizi”, o que significa “filho do mar”. No ano de 1992, a UNESCO reconheceu esta região como Patrimônio Natural Mundial.
Huanglong
Esta região foi reconhecida como Patrimônio Natural Mundial junto ao Vale Jiuzhaigou no ano de 1992 e sua maior atração também é a magnífica paisagem. Caso seja apreciado o Vale desde o alto da montanha é possível entender porque as pessoas denominam este lugar de Huanglong, dragão amarelo. No Vale existe uma zona coberta de carbonato de cálcio com uma longitude de quatro quilômetros, como se fosse um dragão que cruza o bosque, e uma zona montanhosa coberta de neve. Por cima da cobertura de carbonato de cálcio existem mais de 3.000 lagoas, pequenas e grandes, das quais brotam diversas cores a luz do sol. Há um grupo de lagoas chamado “Lagoas das Cinco Cores”, composto por mais de

700 lagoas de distintas cores.


Guilin – Paisagens de Pintores e Poetas
Tudo sobre Guilin
Nome: Guilin
(Significa: Bosque de Osmanthus fragrans)
Localização: Sudoeste da China
Na província: Região autônoma Guanxi
População: 6 milhões (dados do ano de 2009) 
Atrações mais importantes
Rio Lijiang

O Rio Lijiang, um destacado afluente da bacia do Rio das Pérolas, estende-se desde Guilin até Yangshuo, com 83 quilômetros de longitude, e ocupa a zona famosa pelas paisagens turísticas da China. Com picos, altas cataratas, montanhas verdes e águas transparentes, o rio se destaca por sua beleza incomparável. Por isso é nomeado como Milhares do Rio Lijiang, é uma galeria de milhares de pinturas. É habitual ver às margens do rio numerosos búfalos de água. Também pode-se ver os pescadores utilizarem os biguás para realizarem suas capturas.
Longsheng – Terraços de arroz ou Espinhaço de Dragão
A 103 quilômetros de Guilin, com 700 anos de história, os Terraços de arroz ou Espinhaço de Dragão se encontram a 100 metros sobre o nível do mar. Estes terraços de arroz representam um exemplo da inteligência da minoria étnica Yao ao adaptar terrenos montanhosos e agrestes para o cultivo de arroz mediante o sistema de terraços. A minoria Yao vive em umas preciosas casas de madeira que se adaptam ao terreno e desenham uma paisagem dos sonhos. As mulheres desta minoria caracterizam-se por obter um cabelo muito longo, que são recolhidos em um tipo especial de arco.
Yangshuo e Espetáculo “Impressão – Liusanjie”
Yangshuo é um povoado localizado às margens dos rios Yulong e Lijiang a 60 quilômetros, ao sul da cidade de Guilin. Sua orografia peculiar é formada por pequenas colinas de origem calcária que emergem de uns campos planos inundados por arrozais. Em redor se encontram alguns enclaves de beleza única como Yueliang Shan, o Pico da Lua, colina de calcário e em cujo cume existe um buraco que o atravessa e cuja forma lembra a Lua.


Yunnan – Ao Sul das nuvens
Tudo sobre Yunnan
Nome: Yunnan
Localização: Sudoeste da China
Capital: Kunming 
População: 46 milhões (dados do ano de 2010)
Superfície: 390,000 Km²
Atrações mais importantes
Bosque de Pedras (Shilin)
O Bosque de Pedras é um conjunto notável de formações basálticas localizadas no condado autônomo de Shilin Yi, de Yunnan, aproximadamente a 120 Km de Kunming. As altas rochas parecem surgir do solo como se fossem estalagmites e muitas parecem árvores petrificadas que em conjunto criam a ilusão de um bosque feito de pedra. Desde 2007, o bosque de pedra tem sido declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, como parte dos Karst da China meridional.
Cidade Antiga Dali
Está localizada a oeste das montanhas Cangshan e a leste do Lago Erhai. É um importante assentamento das minorias Bai e Yi havendo também grupos tibetanos, Hui, Han e Naxi. Ocupa uma área de 1.468 Km² e apresenta uma população aproximada de 480.000 habitantes. O templo das três pagodas está situado ao pé da montanha e à margem de um lago. Uma das pagodas apresenta quinze pisos enquanto que as outras duas tem um altura de nove pisos. O Templo Chongshèngsì foi construído durante o reinado de Nanzhao, no século IX. É um exemplo das construções típicas da região.
Cidade Antiga Lijiang
É uma antiga cidade situada a noroeste da província de Yunnan na República Popular Chinesa. A cidade tem uma história de mais de 800 anos e é famosa pelo seu organizado sistema de canais e pontes. Chamado também de “Veneza do Leste”. A cidade antiga de Lijiang, é diferente das outras cidades chinesas ao que se refere à arquitetura, história e cultura que estão intimamente ligadas a tradição dos Naxi, que seguem mantendo seus costumes ancestrais. Na cidade existe um total de 100 pontes de pedra contruídas no período Ming e Qing, a mais famosa é a Grande Ponte de Pedra. As casas estão construídas em madeira e tijolo, localizadas nos quatro pontos cardinais e seguindo uma ordem perfeita. As ruas, proibidas aos veículos, estão pavimentadas de forma tradicional. No ano de 1997 a UNESCO declarou a cidade antiga de Lijiang como Patrimônio da Humanidade.
Montanha Yulong – A montanha do Dragão de Jade e Espetáculo de “Impressão – Lijiang”
A montanha Yulong ou Montanha de Neve Dragão de Jade, é o glacial mais meridional do hemisfério norte. É constituído por três picos, dos quais o Shanzidou é o maior com 5.600 metros de altitude. Visto desde Lijiang, a neve perpétua e as frequentes névoas, assemelham a um dragão deitado sobre as nuvens, está ai o motivo de seu nome. A grande altitude e o desnível fazem com que a diversidade de flora e fauna seja espetacular. Uma quarta parte das espécies de plantas de toda a China encontram-se neste região. O Espetáculo de Impressão – Lijiang é um espetáculo de dança e música dirigido pelo famoso diretor Zhang Yimou, apresentado pelo cenário natural formado ao pé da Montanha Yulong.
Cidade Antiga Zhongdian (Shangri-la)
Conhecida antigamente como “Zhongdian”, situada em uma região muito montanhosa fronteiriça com o Tibet, a maioria dos habitantes da cidade são de etnia tibetana ainda que também sejam encontrados alguns membros das etnias Naxi, Lisu e Yi. No ano de 2002 a cidade foi renomada como Shangri-La em homenagem ao novelista James Hilton e a sua novela Horizontes Perdidos. A troca do nome supõe um importante aumento no número de turistas que visitaram a cidade.
Mosteiro de Ganden Sumtseling Gompa (Songzanlin Si) Com uns trezentos anos de antiguidade, é formado por vinte templos. O complexo inclui também centenas de casas onde residem seiscentos monges. Situado a uns quilômetros da cidade, o mosteiro é um claro símbolo da arquitetura tibetana e um dos mais importantes da China. O Parque Nacional Pudacuo é um espaço protegido que abrange 1.300 km², encontra-se localizado na região de Shangri-La e se destaca como o primeiro parque nacional da China. Engloba a Reserva Natural do Lago Bita e o Espaço Natural Duhu na região de Hongshan. Como tais, fazem parte das Áreas Protegidas de Patrimônio Mundial dos Três Rios Paralelps de Yunnan.


Zhangjiajie – O Planeta de Avatar
Tudo sobre Hunan
Nome: Hunan
Localização: Sudoeste da China
Capital: Changsha 
População: 71 milhões (dados do ano de 2011)
Superfície: 210.000 km²

Atrações mais importantes
Wulingyuan
No ano de 2004, Zhangjoajie foi incluído no Geoparque Mundial da UNESCO. As características geográficas mais notáveis do parque são as formações dos pilares, formados pelo resultado de muitas erosões. Um dos pilares do parque de arenito de quartzo, são os 3.544 m de coluna Southern Sky, foi oficialmente chamado de “Avatar Aleluya Mountain” em homenagem ao filme de mesmo nome em janeiro de 2010. De acordo com os funcionários do parque, as fotografias de Zhangjiajie inspirou as montanhas flutuantes vistas no filme.
Povoado Antigo de Fenghuang (o Povoado Fénix)
O povoado antigo de Fenghuang está localizado no extremo ocidental da província de Hunan. Graças a sua beleza paisagística, ricas histórias, e os costumes étnicos coloridos, Fenghuang, tem sido considerada durante muito tempo um dos povoados mais bonitos da China e foi adicionado à Lista Tentativa do Patrimônio Mundial da UNESCO em 2008. O nome Fenghuang significa Fênix em chinês. Fênix é uma mítica ave de fogo sagrada na mitologia chinesa que representa bom presságio e a longevidade. O nome da cidade Fenghuang se inspira na Montanha Fenghuang, que se assemelha a Phoenix situado a 50 km de distância.

Montanha Amarela
Tudo sobre a Montanha Amarela
Nome: A Montanha Amarela (Huang Shan)
Localização: Leste da China
Altura: 1.864,8 metros sobre o nível do mar
Atrações mais importantes
A Montanha Amarela (Huangshuan)
São uma cadeia formada por montanhas situadas ao sul da província de Anhui. Desde o ano de 1990 é considerada como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. A região é conhecida pela beleza de seus picos de granito, por seus bosques de coníferas e pela vista que as nuvens oferecem no alto. As montanhas tem servido de modelo a muitos pintores. A cordilheira inclui numerosos picos, 77 dos quais superam os 1.000 metros de altura. O mais alto é o Pico da Flor de Lótus (Lian Hua Feng) de 1.864 m, seguido pelo Pico do Cume Brilhante (Guang Ming Ding) de 1.840 metros e do Pico Celestial (Tian Du Feng) de 1.829 metros. Povoados Xidi e Hongcun e Filme “O Tigre e o Dragão” Xidi e Hongcun são povoados situados ao sul da província de Anhui. Ambos foram declarados em 2000 como Patrimônio da Humanidade com a denominação de antigos povoados ao sul de Anhui.





viagem-rota-da-seda-china
viagem-rota-da-seda-china viagens-china-chengdu-panda cruzeiro-pelo-rio-yangtze-pacotes-china-yangtsé viagens-china-pacotes-china-buda-leshan pacotes-de-viagens-sichuan-china viagens-luoyang-kungfu-china-pacotes cruzeiro-pelo-rio-yangtze-pacotes-china-yangtsé cruzeiro-pelo-rio-yangtze-pacotes-china-yangtsé viagens-xiamen-yongdin-china viagens-luoyang-kungfu-china-pacotes viagens-luoyang-kungfu-china-pacotes viagens-hakka-tulou-china-pacotes viagens-china-pacotes-china viagens-china-pacotes-china viagens-china-pacotes-china viagens-china-zhangjiajie-fenghuang viagens-china-zhangjiajie-fenghuang viagens-china-zhangjiajie-fenghuang viagens-china-pacotes-yunnan viagens-china-montanha-amarela-tunxi viagens-china-pacotes-china viagens-china-pacotes-china viagens-luoyang-kungfu-china-pacotes viagens-china-pacotes-yunnan viagens-china-pacotes-yunnan viagens-yunnan-lijiang-china-pacotes viagens-china-pacotes-china viagens-china-pacotes-china viagens-china-pacotes-china viagens-china-pacotes-china viagens-china-pacotes-china-buda-leshan viagens-china-pacotes-china-buda-leshan pacotes-de-viagens-sichuan-china pacotes-de-viagens-sichuan-china viagens-china-zhangjiajie-fenghuang


As numerosas residências construídas durante as dinastias Ming e Qing se destacam pela arquitetura, formada por uma estrutura de madeira e paredes de tijolos, assim como por suas decorações esculpidas. A maioria delas foram construídas ao longo de um dos três cursos de água que cruzam o povoado. Hongcun foi fundada em 1.131 durante o período da dinastia Han por memros da família Wang. Esta família que contava entre seus membros com numerosos dignitários e comerciantes, foi a origem da prosperidade da vila e da construção de seus magníficos edifícios. Em Hongcun, rodou-se parte do filme “ O Tigre e o Dragão”, dirigido por Ang Lee no ano de 2000.

Shanxi – As lanternas vermelhas
Tudo sobre Shanxi
Nome: Shanxi
Localização: Centro da China
Capital: Taiyuan
População: 35 milhões (dados do ano de 2011)
Superfície: 156.000 Km²
Atrações mais importantes
La Gruta Yunhang
As grutas de Yugang são um conjunto formado por 53 grutas e umas 1.200 nichos budistas, com mais de 51.000 estátuas de pedra que se espalham por uma área de um quilômetro quadrado de extensão. A construção das grutas nas montanhas próximas a capital se inicou no ano 460, com a proposta do maestro monge TanYao e a autorização do imperador da dinastia Wei do norte. Os trabalhos terminaram em 494, quando a dinastia Wei do norte, decidiu mudar a capital para Luoyang. Cada gruta tem uma estátua principal de Buda. A maior tem 16,8 metros de altura e a menor tem 13,5 metros de altura, representando respectivamente os cinco primeiros imperadores da dinastia Wei do norte. As grutas de Yungang constituem o maior grupo de grutas conservado na China, sendo por esta razão famoso tanto na China como em todo o mundo. No ano de 2011, foram declaradas como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Juntamente com as casvernas de Mogao e as grutas de Longmen, as grutas de Yungang são um dos lugares com esculturas antigas mais famoso de toda a China.
Mosteiro Colgante
Com mais de 1.400 anos de antiguidade, e situado a 65 Km da cidade de Datong, templo é consagrado com a maior das delicadezas nas encostas íngremes do Monte Cuiping. A curiosidade despertada por esse lugar faz com que milhares de pessoas aceitem o desafio de se perder nas estradas da região de Shanxi, para descobrir este recanto da China.
A Montanha Sagrada Wutai
É uma das quatro montanhas sagradas do budismo chinês. A montanha abriga muitos dos mais importantes mosteiros e templos da China. A herança cultural da Montanha Wutai é formada por 53 mosteiros sagrados, e foram considerados como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em 2009. A Montanha Wutai é o ponto mais elevado da província e um dos principais pontos de peregrinação do budismo, já que residiu o Bodhisattva Manjushri.
A Estupa de Madeira de Yingxian
Situada no distrito de Ying, foi construída em 1056. Octogonal, com nove níveis, é, com seus 67 metros de altura, a maior do mundo construída em madeira.
Cidade Antiga Pingyao
Foi o grande centro financeiro da China, destaca-se por ter preservado o modo de vida, cultura e a arquitetura dos tempos das dinastias Ming e Qing. A fundação da cidade ocorreu no século XIV e mantém boa parte da arquitetura original das épocas Ming e Qing. A zona antiga está rodeada por uma muralha de 6 km de comprimento e 12 m d ealtura com seis portas e umas setenta torres de vigilância. A cidade antiga de Pingyao foi declarada como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO no ano de 1997, e inclui além das muralhas e a cidade intramuros, os templos de Zhenguo r Shuanglin, localizados do lado externo.
Templo Budista Shuanglin
Encontra-se a uns 7 km a sudoeste da cidade de Pingyao. Originalmente foi fundada no século VI durante a dinastia Wei do norte, mas a presente data edifícios refere-se ao dinastias Ming e Qing. É notável por sua coleção de mais de dois mil estátuas de argila decorada que datam dos séculos XII ao XIX.
Casa da Família Qiao e Filme “As lanternas Vermelhas”
Foi a residência de Qiao Zhiypng, um famoso financeiro da dinastia Qing. O pátio foi construído na dinastia Qing, e foi reconstruído várias vezes. Esse pátio representa perfeitamente os estilos únicos da residência do norte da China em sua época, com boa distribuição, design requintado e perfeita técnica. No ano de 1991 o famoso diretor chinês Zhang Yimou filmou “As lanternas vermelhas” neste pátio. Devido a grande influência deste filme, a Casa da Família Qiao se tornou mundialmente famosa.


Xiamen – Descobrir Hakka Tulou
Tudo sobre Xiamen
Nome: Xiamen
Localização: Sudeste da China
Na província: Fujian
População: 3.67 milhões (dados do ano 2012)
Superfície: 128 km²
Atrações mais importantes
Hakka Tulou

É uma construção de taipa chinesa única dos Hakka e outros povoados das regiões montanhosas ao sudoeste da região de Fujian, China. Em sua maioria são construídas entre os séculos XII e XX. Tulou é normalmente um recinto fechado, retangular ou circular em sua configuração com um muro de terra muito espesso que suporta o pessoa e estruturas de madeira, de três a cinco pisos de altura, que abriga até 80 famílias. Essas construções de terra possuem normalmente somente um acesso, protegido por portas de madeira de 4-5 centímetros de espessura reforçada com uma camada externa de uma chapa de ferro. O nível superior destas construções de terra possui peças de artilharia para defesa contra os bandidos. Este lugar foi declarado Patrimônio da Humanidade desde 2008. Segundo a UNESCO, são exemplos excepcionais de uma tradução construtiva e funcional exemplificando um tipo único de residência comunal e organização defensiva e, em termos de sua relação harmoniosa com o entorno.


Cruzeiro pelo Rio Yangtze
Tudo sobre o Rio Yangtze
Nome: Rio Yangtze (Changjiang)
Comprimento: 6.300 Km
Superfície da bacia: 1.800.000 km²
Atrações mais importantes
As três gargantas
As três Gargantas do Rio Yangtze é o nome dado aos três cânions, o Qutang, Wu e Xiling. Estão localizados desde o oeste do povoado de Fengjie, da cidade de Chongqing, a leste da cidade de Yichang, província de Hubei, com um comprimento total de 192 Km. A paisagem da costa do Rio Yangtze é a mais charmosa e espetacular, já que forma uma galeria de montanha e rio. Além da paisagem, ao lado das três gargantas também é notável uma magnífica riqueza cultural, como um dos berços da antiga cultura chinesa.
A Barragem das Três Gargantas
A barragem mede 2.309 metros de comprimento e 185 metros de altura e inclui uma eclusa capaz de manipular barcos de até 3.000 toneladas. Desde tempos imemoriais, o rio sofria inundações massivas em suas margens a cada dez anos. A barragem foi projetada para evitar esses incidentes e melhorar o controle do rio, assim como para proteger mais de 15 milhões de pessoas que vivem as suas margens. A Barragem das Três Gargantas, atualmente, ostenta o título de “a maior represa de geração de energia do mundo”.
A Gruta Azul
As esculturas rupestres de Dazu, situadas no condado de Dazu próximas a cidade chinesa de Chongqing, formam uma série de excepcionais esculturas religiosas, datam principalmente do século VII e XIV. Foram declaradas Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em 1999. As mais antigas destas obras datam do ano 650, porém as mais importantes foram realizadas entre o século IX e o século XII, período de plena expansão artística da escultura rupestre chinesa. No total existem 75 espaços protegidos que abrigam umas 50.000 estátuas, inscrições e epígrafes formadas por mais de 100.000 caracteres chineses. Estas esculturas se destacam especialmente pela grande riqueza dos sujeitos representados, tanto os religiosos como os leigos, que formam uma síntese entre o budismo, o taoísmo e o confucionismo. Oferecem também uma representação da vida nessa época, tanto dos príncipes e personagens públicos como de pessoas modestas.

Luoyang -   Berço de Kungfu
Tudo sobre Luoyang
Nome: Luoyang
Na província: Henan
População:6.62 milhões (dados do ano de 2010)
Superfície: 15.208 km²
Atrações mais importantes
Templo do Cavalo Branco

O templo é, segundo a tradição, o primeiro templo do Budismo na Repúblixa Popular da China, estabelecido no ano 68, sob o patrocínio do Imperador Ming de Han da Dinastía Han Oriental em Luoyang. O templo, ainda que pequeno em comparação com muitos outros templos da China, é considerado pela maioria dos crentes como “o berço do budismo chinês”.
Gruta Longmen
Estão situadas a 12 quilômetros ao sul da cidade de Luoyang. As grutas que contém numerosos objetos budistas estão entre duas montanhas: Xiang Shan a leste e Longmen Shan a oeste. O rio Yi cruza a região, por isso as vezes está área é conhecida como Yique (A porta do rio Yi). De norte ao sul, a distância coberta pela grutas é de um quilômetro. Junto as cavernas de Mogao e as grutas de Yungang, as grutas de Longmen são um dos sítios com esculturas antigas mais famosas de toda a China. Desde o ano 2000 são consideradas como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.
Templo Shaolin e Kungfu
É um templo budista, situado na província chinesa de Henan e famoso por sua relação com o budismo chán (zen) e a conexão com as artes marciais (Kungfu) da China. É, provavelmente, um dos mosteiros budistas mais conhecidos do Ocidente. O mosteiro, junto ao seu Bosque de pagodas, foi inscrito como Patrimônio da Humanidade em 2010. Existem numerosos estilos de Kungfu, porém o mais importante em questão de organização, métodos de entretenimento e moral foram desenvolvidos no mosteiro budista de Shaolin. Estas características fizeram com que aprender no templo de Shaolin se tornasse um símbolo de respeito e dignidade.

Rota da Seda
Tudo sobre a Xinjiang
Nome: Região Autônoma Uigur de Xinjiang
Localização: Noroeste da China
Capital: Urumai
População: 21 milhões (dados do ano de 2011)
Superfície: 1.160.000 km²
Atrações mais importantes
A Gruta Mogao

A Gruta Mogao é um conjunto de 492 templos situados próximos a cidade de Dunhuang, na província de Gansu. Conhecidas também como as cavernas de Dunhuang. No ano de 1987 foram declaradas pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade. As cavernas de Mogao, formam um conjunto de mais de 400 templos, decorados com pinturas murais e onde se encontram milhares de esculturas, manuscritos, etc. As cavernas de Mogao são as grutas budistas mais famosas de toda a China. Junto com as de Longmen e as de Yungang formam o mais renomado grupo de sítios esculturais antigos da China.
As ruínas de Gaochang
As ruínas de Gaochang são restos de uma antiga cidade construída no século I a.C. Estão situadas a uns 45 Km a sudeste da cidade de Turfán. A cidade ficou abandonada aos finais do século XIV. Gaochang significa cidade do rei.
As Cavernas dos mil Budas de Bezeklik
As Cavernas dos mil Budas de Bezeklik são um conjunto de cavernas esculpidas na rocha, sutiadas no Vale Mutou das Montanhas Chamejantes, a uns 45 Km a leste da cidade de Turfán. São uma amostra da antiga arte tocariana budista, famosas pelos afrescos que podem ser apreciados em 40 de suas 77 cavernas. Também são encontradas pinturas maniqueístas e cristãs nestorianas.

Termos de Uso do Portal
Este portal é de propriedade da Fui Viagens e Turismo, a qual se exime de qualquer ônus decorrente do mal uso das informações aqui disponíveis. Todo conteúdo - texto, imagens, vídeos, links -  deste portal é de propriedade intelectual privada. Sua divulgação - mesmo que parcial - não está autorizada.

Fui Viagens - Nossa Sra. de Copacabana 1183 Cobertura 2 - CEP 22070-011- Rio de Janeiro - Tel: +55 21 2227 3164 - 2113 9050 - info@fuiviagens.com.br
Horários de funcionamento: De Segunda à Sexta: 09:00 - 18:00 - Sábado e Domingo: Fechado
© 2019 FUI VIAGENS BRASIL - Todos os direitos reservados