INFORMAÇÕES
SUDESTE ASIÁTICO
 

Tailândia
Bangkok

Capital da Tailândia. Cidade que nos surpreenderá por tudo o que pode oferecer, monumentos, gastronomia, compras, diversão, etc.

Chiang Mai

Capital do norte da Tailândia está situada à 800 km de Bangkok,  a beira do rio Mae Nam Ping; é conhecida como “ A rosa do norte”.

Mae Hong Son
Situado em um vale aberto atravessado pelo rio Pão e rodeado por montanhas cobertas de vegetação tropical é um ponto de partida para visitar o povoado das “Mulheres Girafas”.

Chiang Rai
Está situada na província mais ao norte da Tailândia. Pisar em terra tailandesa e contemplar desde o rio Mekong,  fronteira natural entre Myanmar e Tailândia, Phitsanuloke  a 389 km de Bangkok, é algo mágico.

Dhat
Cidade comercial muito animada, na qual se destaca o templo de Sri Ratana Mat e onde se encontra o mais venerado Buda do norte da Tailândia.

Ayuthaya 
A florida capital do Reino de Siam durante mais de 400 anos e que infelizmente depois da destruição por parte dos birmaneses no ano de 1767 e não foi reconstruída.

Kanchanaburi
Se levanta ao longo do rio Mae Klong e do afluente rio Kwai. Aqui se encontra a famosa ponte da Ferroviária da Morte, contruída com materiais procedentes de Java pelos japoneses. Diz-se que na construção dessa linha, que une Tailândia com Myanmar, morreram cerca de quinze mil homens.

Sukhotai
A 466 km do norte de Bangkok, foi a primeira capital de Siam, de 1257 a 1379, e se encontra a 12 km da cidade moderna, que leva também o nome de Sukhotai.

Phuket
Ilhas com resorts dos sonhos e alguns de grande luxo, oferece praias tão grandes que confundem-se com o horizonte. De norte a sul, temos as praias de Bang Tão, Kamala, Patong, Karon e Kata Koh Samui. É a terceira maior ilha do país, rodeada pela maior plantação de coqueiros do mundo.

Krabi
Rodeada de falésias cobertas de selva, é umas das paisagens mais espetaculares do país.

Phi Phi
Situada a duas horas de barco de Phuket ou Krabi, constitui um cenário de incomparável beleza e conta com excelentes praias.


Por que escolher a Tailândia?

Pela segurança e estabilidade que se desfruta por toda a viagem; Pela qualidade da infra-estrutura tailandesa; Pela variedade e exotismo da cultura oriental que se observa em seus templos, santuários ou efígies e também por suas ruas, praças e mercados;Por suas maravilhosas praias, seu respeito à natureza e a riqueza de seus espaços naturais;Pela amabilidade e simpatia dos tailandeses; Porque contam com os melhores equipamentos para praticar esportes como golf e mergulho e todo tipo de esporte de aventura; Pela ampla oferta de compras em lojas, hipermercados e em coloridos mercados de rua; Por sua gastronomia envolvente e espetaculares festas e festivais.


As datas na Tailândia
As datas de muitos edifícios antigos se baseiam no aniversário de Buda em 543 a.C

Quando ir?
Tailândia desfruta de um clima tropical, ou seja, caloroso e úmido. Ainda assim possui seu atrativo especial. A estação mais fresca é a de Novembro a Fevereiro e a época de chuvas é de Junho a Outubro. Ao norte o clima é mais fresco.


Que roupa levar?
Recomendamos levar roupas leves e folgadas, de preferência sendo de fibras naturais. Os óculos de sol são essenciais e os chapéus recomendáveis. Lembramos que não se pode entrar nos templos com bermudas ou roupas curtas e também é obrigatório tirar os sapatos, por isso, recomendamos que leve sandálias ou calçados confortáveis e fáceis de serem tirados.


Moeda
O Baht, se divide em 100 satangs. Se admite dólar americano em quase todos os lugares, assim como os principais cartões de crédito, exceto nos postos de rua.
1 dolar =  35 baht aproximadamente
1 euro =  50 baht aproximademente

Comida
A cozinha tailandesa apresenta uma grande gama de pratos e uma sutil mescla de sabores. A maioria de suas comidas é picante, mas os hotéis a modificam ao agrado do paladar ocidental.

Saúde
Não se requer nenhuma vacina. Não há vacinas obrigatórias para viajantes procedentes da união européia.

Gorjetas
As gorjetas não estão incluídas em nenhum circuito. Na Ásia existe o costume, que de forma errônea denominamos gorjeta, de dar uma quantidade de dinheiro aos guias, condutores, maleteiros, etc. Isso na chegada ao país e é costume dá-lo ao deixar cada cidade e ao finalizar a viagem.  A quantidade estimada é de US$ 4 ou US$ 5  por pessoa e dia para cada guia e condutor.


Código Telefônico: 66

Diferença de horário:
GMT +7

Documentação necessária e vistos
Os brasileiros não precisam de visto para entrar na Tailândia. É necessário visto para a Indonésia, Vietnã, Camboja, Laos, Myanmar e China. O passaporte precisa ter validade mínima de 6 meses.


Embaixada Real da Tailândia em Brasilia - DF
SEN - Av. Das Nacoes - Lote 10
Brasilia-DF - CEP. 70433-900
Tels: (55-61) 3224-6089  ou  3224-6849  ou  3224-6943 Fax: (55-61) 3223-7502

Embaixada do Brasil na Tailândia
34 Floor Lumpini Tower -  1168/101 Rama IV Road
Thungmahamek, Sathorn - Bangkok 10120 - Thailand
tels: (662) 679-8567/8568  ou  285-6080
fax: (662) 679-8569

Indonésia

Capital: Jacarta
Ubud 
Visitar e alojar-se em Ubud oferece uma visão de Bali totalmente diferente. É rodeado de verdes arrozais que lhe dá uma beleza especial. E seu pequeno povo é também conhecido como o “povo dos pintores”. Sem adicionarmos seus confortáveis e luxuosos hotéis maravilhosamente decorados e disseminados entre a selva. Ubud é uma experiência única que não se deve perder. Ubud tão próxima, tão diferente e tão bela. Está somente 15 minutos de avião de Bali, pode-se desfrutar da ilha serena e apaziguável, onde suas praias de areia branca e finíssima contrastam com suas montanhas, seus vulcões e o viço que embala qualquer canto. Muito menos conhecida que sua vizinha Bali, Lombok guarda  sua pureza e tranqüilidade para seus visitantes. Recomendamos combinar sua visita em Bali com a ilha Lombok.


Quando ir?
Devido a seu clima equatorial e úmido, a época , mais agradável é a de abril a outubro. De Novembro a  Março pode haver chuvas ocasionais, principalmente pela noite.


Que roupa levar?
Recomendamos levar roupas de algodão leve, calçado confortável e proteção contra o sol: óculos escuros, chapéus, protetor solar. Em Bali se pode comprar uma grande variedade de roupas de algodão. Recomendamos levar roupas mais formais para as refeições nos hotéis.


Moeda
A rupia indonésia admite dólar e euro em todas as partes, assim como cartões de crédito, exceto nos postos de rua.
1 dolar = 11.000 rupias aproximadamente
1 euro = 16.000 rupias aproximadamente


O que comer?
A comida balinesa é muito saborosa, mescla as influências da China, Malásia e Holanda. Sua base é arroz, pasta, peixe e marisco. Recomendamos provar as especialidades: “saté”, pedaços de carne ou peixe e “Rijsttafel” com sua grande variedade de salsas.


Idioma
Sua língua é Bahasa, mas o inglês é compreendido por grande parte do povo.


Saúde
Não é necessária nenhuma vacina.


Corrente elétrica
220 V


Diferença Horária
GMT +7 . Entre 8-10 horas a frente do Brasil.

Circulação
Pela esquerda. É obrigatória a habilitação de motorista internacional para alugar um carro sem chofer.


Documentação e visto
Brasileiros necessitam de visto de entrada em viagens à turismo ou negócios. O visto pode ser obtido na entrada do país, para permanência de no máximo 30 dias. Porém para o visto emitido na chegada, o mesmo não poderá ser prorrogado. Tramita-se a chegada. Passaporte em vigor com validez mínima de 6 meses. Preço 25 USD


INDOCHINA
Vietnã
Capital: Hanói
Idioma Oficial: Vietnamita

Moeda: Dong
Fuso Horário: UTC +7:00
Código Telefônico: 84

Vistos Consulares: Brasileiros necessitam de visto de entrada.

 

Embaixada da República Socialista do Vietnã - Brasília - DF
SHIS QI 05, Conj. 07 - Casa 21
CEP 71615-070 - Brasília - DF
tel. (0xx61) 364-5876
tel/fax (0xx61) 364-5836

Embaixada do Brasil em Hanói no Vietnã:
14, Thuy Khue Street - Apt. T-72 Hanoi - Vietnam
tel.: (844) 843-0817/2544
fax : (844) 843-2542

Hanói
Capital do país. É uma cidade íntima com um ambiente “estilo chinês” ruas lotadas com pequenos comércios, bicicletas e motos com um tráfico aparentemente caótico, porém com um encanto único. Ali se encontra o Templo da Literatura, o Mausoléu do Ho Chi Minh e o lago da Espada Restituída, entre outras maravilhas. Uma cidade para passear.


 


viagens-tailândia-myanmar-vietnã-camboja-pacotes
viagens-tailândia-myanmar-vietnã-camboja-pacotes viagens-tailândia-myanmar-vietnã-camboja-indonésia-pacotes-bali-cingapura viagens-tailândia-myanmar-vietnã-camboja-indonésia-pacotes-bali viagens-tailândia-myanmar-vietnã-camboja-indonésia-pacotes-bali viagens-tailândia-myanmar-vietnã-camboja-indonésia-pacotes-bali viagens-tailândia-myanmar-vietnã-camboja-indonésia-pacotes-bali viagens-tailândia-myanmar-vietnã-camboja-indonésia-pacotes-bali viagens-tailândia-myanmar-vietnã-camboja-indonésia-pacotes-bali viagens-tailândia-myanmar-vietnã-camboja-java-indonésia-pacotes-bali viagens-tailândia-myanmar-vietnã-camboja-indonésia-pacotes-bali viagens-tailândia-myanmar-vietnã-camboja-indonésia-pacotes-bali viagens-tailândia-myanmar-vietnã-camboja-indonésia-pacotes-bali viagens-tailândia-myanmar-vietnã-camboja-indonésia-pacotes-bali viagens-tailândia-myanmar-vietnã-camboja-indonésia-pacotes-bali viagens-tailândia-myanmar-vietnã-camboja-indonésia-pacotes-bali viagens-tailândia-myanmar-vietnã-camboja-indonésia-pacotes-bali viagens-tailândia-myanmar-vietnã-camboja-indonésia-pacotes-bali viagens-tailândia-myanmar-vietnã-camboja-indonésia-pacotes-bali viagens-tailândia-myanmar-vietnã-camboja-indonésia-pacotes-bali viagens-tailândia-myanmar-vietnã-camboja-indonésia-pacotes-bali viagens-tailândia-myanmar-vietnã-camboja-indonésia-pacotes-bali viagens-tailândia-myanmar-vietnã-camboja-indonésia-pacotes-bali viagens-tailândia-myanmar-vietnã-camboja-indonésia-pacotes-bali viagens-tailândia-myanmar-vietnã-camboja-indonésia-pacotes-bali viagens-tailândia-myanmar-vietnã-camboja-indonésia-pacotes-bali viagens-tailândia-myanmar-vietnã-camboja-indonésia-pacotes-bali viagens-tailândia-myanmar-vietnã-camboja-indonésia-pacotes-bali viagens-tailândia-myanmar-vietnã-camboja-indonésia-pacotes-bali viagens-tailândia-myanmar-vietnã-camboja-indonésia-pacotes-bali viagens-tailândia-myanmar-vietnã-camboja-indonésia-pacotes-bali viagens-tailândia-myanmar-vietnã-camboja-pacotes



Vietnã (continuação)
Sapa
A 160 km de Hanói e 1.600 m de altitude onde se desfruta do seu colorido mercado e principalmente das tribos Hmong Zay com suas tradicionais vestimentas coloridas, assim como a paisagem espetacular das montanhas.

Danang
Situada no centro do país, onde se encontra a famosa Praia da China, a Montanha de Mármore e o Museu Cham. Esta cidade é a base para visitar:


Bahia de Halong
Uma das grandes maravilhas da natureza. Milhares de ilhotas que nascem das águas da baia entre as quais a vida dos pescadores e das cavernas lhe dá um valor a mais. Desfrutamos de tudo isso durante um cruzeiro inesquecível.


Myson
A 60 km de Danang é o berço da religião Cham. Submersos entre as plantações encontramos 68 templos hinduístas edificados entre os séculos IV e XIII


Hojan
Uma das aldeias mais autênticas do Vietnã, por onde nem o tempo nem a guerra passaram. Ruelas cheias de mausoléus chineses, comércios e centros artesanais junto a um rio onde se observa os antigos métodos de pesca chineses. Uma de suas maravilhas é a ponte de madeira japonesa. Um lugar autêntico.


Hue
Antiga capital imperial e onde a extensão de sua cidade imperial e estilo eram similares a cidade Proibida de Pequim. Cheia de vida e percorrida pelo rio Perfume, por onde um cruzeiro fluvial nos leva a descobrir templos e mausoléus de grande beleza. 

Nha Trang
Cidade de férias para os vietnamitas devido a suas praias e ilhas que lhe convidam a relaxar.

Quy Nhon
Um lugar de praia, muito tranqüilo onde se pode descansar e desfrutar a praia e os esportes aquáticos.


Ho Chi Minh (Saigon)
Capital econômica e financeira. Totalmente distinta do resto do país, onde se encontra a Catedral de Notre Dame. O mercado chinês de Cholón nos oferece uma perspectiva absolutamente distinta do modo de vida vietnamita. É a base para visitar:


Os túneis de Cuchi
Onde o Vietcongue escavou milhares de quilômetros subterrâneos durante a guerra.


Tay Ninh
Onde a seita “Caodista” tem seu templo e sua sede. Adoram entre outros a Joana do Arco, Buda e Jesus Cristo.


Delta de Mekong
Onde as centenas de quilômetros e um labirinto de braços de Mekong formam um espetáculo impressionante nos quais os mercados e tendas flutuantes são um dos principais meios de vida, junto com o cultivo de arroz da comunidade. Um espetáculo que aconselhamos não perder por seu colorido e exotismo

Myanmar (Nova designação para a ex-União de Birmânia)

Capital: Yangon
Idioma Oficial: Birmanês

Moeda: Kyat
Fuso Horário: UTC +6:30
Código Telefônico: 95
Vistos Consulares: Brasileiros necessitam de visto de entrada.

Embaixada da União de Myanmar - Brasília - DF
SHIS QI 07 - conj.14, casa 5 - Lago Sul
CEP 71615-340 - Brasília - DF
tel. (0xx61) 3248-3747 fax (0xx61) 3364 2747

Yangon
Capital do país e uma cidade onde há muito que conhecer. Sua principal atração é o esplendido Pagode de Shwedagon, lugar no qual gira a vida de toda a cidade. Dezenas de templos onde recebem diariamente centenas de pessoas para orar e dar graças. Também se visita o Templo de Chaukhtatgyi, onde se encontra o grande Buda Recostado.

Kyaing Tong
Situado na fronteira com a China, Laos e Thailandia, onde entre incríveis paisagens se visitam tribos como os Akha com estilo de vida absolutamente diferente do resto do país.

Bagan
Um lugar com magia, jóias da antiguidade Birmânia. É uma imensa planície atravessada pelo rio Irrawaddy, milhares de templos são vistos no horizonte. Entre os muitos que nos encantarão mencionamos o Templo Ananda  e o Templo Dorada Shwezigon. O por do sol do Templo de Mingalarsedi será uma lembrança inesquecível.

Monte Popa
Entre Bagan e Mandalay, sobre uma solitária colina chamada Monte Popa se encontra o templo, no qual se sobem 777 degraus para admirar a charmosa vista da pequena cidade.


Mandalay
Antiga sede real. O templo de Mahamuni é uma explosão de fervor, onde há uma estátua do Buda de 4 metros de altura recoberto por um tecido de ouro. O antigo Palácio Real mostra o esplendor do reino. Mandalay é um ponto de partida para visitar.


Amarapura
Onde visitaremos o Monastério de Mahagandaryon, no qual veremos a vida quotidiana dos monges que ali vivem e estudam.


Ava
Conta com um precioso monastério de madeira com 267 colunas.


Mingun
Lugar onde se chega de barco, é uma pequena aldeia na qual está o Templo de Mingun com o segundo maior sino do mundo.


As cavernas de Powintaung
Um lugar único no qual se chega de trem e onde encontramos mais de 400.000 budas do século XVI ao XVIII, abrigados em cavernas espetaculares pela diversidade de estilos e pinturas refletidas em suas paredes. Um lugar zelosamente guardado até pouco tempo aos visitantes.


Lago Inle

Este lago é um mundo em si mesmo. Os “inthas” adaptaram-se a viver nesse meio e aqui encontramos mercados flutuantes, templos, comércios e feiras, sem esquecer a peculiar forma de remar, empurrando o remo com as pernas. Uma suave atmosfera de respira pelas largas canoas que nos transportam através de suas águas.

Camboja
Capital: Phnom Penh
Idioma Oficial: Khmer

Moeda: Riel
Fuso Horário: UTC +7
Código Telefônico: 855

Vistos Consulares: Todas as nacionalidades precisam de visto de entrada.

Informações para solicitar o visto na entrada do país:

- À TURISMO: para uma estadia de até 30 dias, a turismo, apresentar passaporte com validade mínima de 6 meses + 1 foto 5x7 recente. Taxa aprox. de US$ 25,00. Para extensão de até 1 mês, Taxa aprox. de US$ 45,00. Representação do Brasil mais próxima, para atendimento aos Brasileiros em Camboja é a  Embaixada Brasileira na Tailândia

Angokor (Siem Reap)
É um complexo de templos únicos na Ásia. A selva forma parte das suas estruturas lhes dando uma beleza e magnificência fora do comum. Estendem-se por quilômetros, mas podemos distinguir dois grandes grupos:


Angkor Wat
Chamado de “Templo da Montanha” por suas incríveis dimensões, dedicado ao deus hindu Vishnú é considerada umas das obras mais geniais criadas pelo ser humano. Se encontra dentro de um fosso em forma retângula de 1.5 km por 1.3 km, uma largura de 193 metros.


Angkor Thom
Com 10 km² de extensão, está cidade fortificada, na qual se entra por grandiosas portas, contem entre outras edificações: o Bayon, talvez uma das mais espetaculares devido a seus 172 gigantescos rostos esculpidos em pedras. A terra do Rei Leproso, decorada com baixo-relevo de “apsarás”, reis e deuses, que datam do século XII. A terra dos Elefantes, de 350 metros de largura e onde eram realizadas as audiências reais e enfeitadas com todo esplendor que se pode imaginar. Fora desse recinto encontramos, entre outros:

Banteay Srei ou Cidade das Mulheres autêntica jóia trabalhada de arenito vermelho.


Templo Ta Prohm
As gigantescas raízes nascidas durante os séculos adentraram entre os muros do templo dando-lhe uma aparência sobrenatural e fantasmagórica. Uma obra mestra da natureza e do ser humano.

Laos
Capital: Vienciana
Idioma: Oficial: Lao

Moeda: Kip
Fuso Horário: UTC +7
Código Telefônico: 856

O visto poderá ser obtido na chegada em um dos seguintes aeroportos: Vientiane Intl. Airport, Luang Prabang, Pakse a Warray Airport; para uma estadia máxima de 30 dias, pagando uma taxa de US$ 30,00, e apresentando os seguintes documentos: Passagem aérea ida/volta confirmada,visto para o próximo país de destino (quando necessário), 1 foto 3x4 recente, Voucher do hotel 

Laos é um dos países da bacia do Mekong mais surpreendentes e virgens, devido à escassa afluência do turismo. A beleza de seus templos, paisagens e a cordialidade de seus habitantes merecem ser conhecidos.

Vienciana
Capital de Laos e cheia de vida em seus templos. O Wat Sisaket que é o mais antigo de seus monastérios, o Prakeo, onde antigamente estava o famoso Buda Esmeralda e a Stupa piramidal de That Luang, símbolo da cidade.

Luang Prabang
É a jóia de Laos, uma pequena localidade entre uma exuberante vegetação e o rio Mekong. Visitamos seus templos trabalhados em sua maior parte em madeira de Wat Aham, o Wat Xixoum e o Wat Xiengthong com seus telhados graduais que se alargam até quase tocar o solo. Em suas ruas o ir vir dos monges é constante e vale a pena não perder as cerimônias que realizam diariamente em seus templos ao amanhecer.



 

Termos de Uso do Portal
Este portal é de propriedade da Fui Viagens e Turismo, a qual se exime de qualquer ônus decorrente do mal uso das informações aqui disponíveis. Todo conteúdo - texto, imagens, vídeos, links -  deste portal é de propriedade intelectual privada. Sua divulgação - mesmo que parcial - não está autorizada.

Fui Viagens - Nossa Sra. de Copacabana 1183 Cobertura 2 - CEP 22070-011- Rio de Janeiro - Tel: +55 21 2227 3164 - 2113 9050 - info@fuiviagens.com.br
Horários de funcionamento: De Segunda à Sexta: 09:00 - 18:00 - Sábado e Domingo: Fechado
© 2019 FUI VIAGENS BRASIL - Todos os direitos reservados