INFORME FUI

 

BOSTON


Os motivos para visitar Boston, são muitos e variados.

Há quem queira aproveitar a proximidade com Washington ou New York. Perfeito. O vôo entre estas cidades e Boston dura entre 1 hora e 1 hora e meia.

Seja como for, reserve ao menos três dias inteiros para ver e usufruir dessa cidade da Nova Inglaterra.

O tempo dispensado poderá ser muito pouco, logo de cara se, por exemplo, estamos falando de uma ida ao Museum of Fine Arts.

Eu ficaria dias por lá... É difícil ter que desviar seu olhar de uma magnífica peça para passar para outra, e outra... e não ter a sensação de que está perdendo alguma coisa, algum detalhe! Entre a visitação, não deixe de almoçar no restaurante do museu, o New American Café, que além de se encontrar em um espaço muito bonito e luminoso, tem uma comida ótima.

A vida da cidade pode ser vista e sentida começando pela zona portuária, que é bastante agradável. O visual é descortinado para as águas azuis pontilhadas de embarcações de todos os tipos e tamanhos, acolhidas pela Baía de Massachusetts e do Rio Charles. Você pode percorrer esse longo caminho, o Boston Harbor,  cheio de cafés, restaurantes (quase todos de frutos do mar), lojas e museus. Dependendo das condições climáticas, que tal um passeio de barco? Na volta sente-se em um dos belos jardins do entorno, e aposto como acabará pensando que o tempo que se programou para ficar em Boston, será pouco...

Outra atração recomendável é uma caminhada pelos dois parques contíguos, o Boston Common, maior e o mais antigo dos EUA, e o Public Garden, mais acolhedor com frondosas arvores que cercam um plácido lago, e onde estão interessantes estátuas de contos infantis. A vida da cidade também está por lá de maneira intensa: há sempre muita gente, além de atrações (e distrações!), para todo tipo de público. Aproveite os arredores: as ruas próximas ao Public Garden são repletas de bom comércio e restaurantes sofisticados. E de igrejas que valem a pena serem vistas: a Old South Church, por exemplo, tem uns vitrais magníficos, assim como a belíssima Trinity Church. A torre altíssima da Primeira Igreja Batista também vale uma olhada.

Ainda para quem aprecia a arquitetura das cidades, em Boston vemos contrastes bem interessantes. Pequenos prédios de tijolos ao estilo inglês são vizinhos de arranha-céus espelhados, e esse convívio faz um conjunto muito original, indicando que a história deve ser preservada para benefício de todos!


viagem-boston
viagem-boston viagem-boston excursão-boston excursão-boston viagem-boston viagem-boston viagem-boston viagem-boston viagem-boston viagem-boston viagem-boston viagem-boston boston boston viagem-boston boston boston viagem-boston boston boston boston boston boston excursão-boston excursão-boston excursão-boston excursão-boston excursão-boston excursão-boston excursão-boston passeio-boston passeio-boston passeio-boston passeio-boston passeio-boston passeio-boston passeio-boston passeio-boston passeio-boston

Fotos: Angela Güzey
  
Aliás, a história desde o surgimento da cidade é contada de diversas formas e por vários meios: você pode fazer à pé e por conta própria a Freedom Trail, com visita a 16 lugares, em um roteiro que inclui tudo de mais representativo historicamente. Pode também fazer um tour em “trolleys”, com roteiros bem variados a sua escolha. Nesse caso você compra um passe e vai ouvindo o condutor contando sobre os lugares, no sistema de descer e subir varias vezes do veículo, o hop-on, hop-off. Não é barato, mas dependendo do tempo que você tenha... Ou ao invés, o que me agrada muito, se perder um pouco para achar coisas preciosas como charmosos recantos, pequenos jardins, ou alguma original homenagem como a do Memorial Garden para os heróis de guerra.

Para as compras, uma sugestão é o Prudencial Center, um shopping que ocupa o térreo de um prédio imenso interligado à outros do entorno. E mais uma vez reforço a idéia que para descobrir coisas diferentes, é preciso caminhar a esmo: só em uma papelaria na Boyslon street, a Paper Source, fiquei “horas” encantada com tudo que só alguém que gosta de papelarias, vai entender...

E ainda reserve tempo para ir a Harvard e ao MIT, que estão em Cambridge, o que pode ser feito de metrô ou ônibus.

Enfim, tempo é o que você vai precisar para ainda ir ver um jogo dos Celtics, ir ao Palazzo Veneziano do Isabella Swewart Museum, perambular pelo Quincy Market, tomar uma cerveja no deque do Joe’s à beira mar...

ANGELA  GÜZEY - é psicóloga por vocação, e viajante e fotógrafa por paixão -
Termos de Uso do Portal
Este portal é de propriedade da Fui Viagens e Turismo, a qual se exime de qualquer ônus decorrente do mal uso das informações aqui disponíveis. Todo conteúdo - texto, imagens, vídeos, links -  deste portal é de propriedade intelectual privada. Sua divulgação - mesmo que parcial - não está autorizada.

Fui Viagens - Nossa Sra. de Copacabana 1183 Cobertura 2 - CEP 22070-011- Rio de Janeiro - Tel: +55 21 2227 3164 - 2113 9050 - info@fuiviagens.com.br
Horários de funcionamento: De Segunda à Sexta: 09:00 - 18:00 - Sábado e Domingo: Fechado
© 2018 FUI VIAGENS BRASIL - Todos os direitos reservados