INFORME FUI

 

BERLIM

 

Conhecer Berlim no inverno, assim como outras cidades da Alemanha ou de países muito ao norte do planeta, implica em vencer um frio rigoroso. Para isso é preciso roupa e sapatos adequados para não deixar de se fazer nada que o gelo e a neve o impeça. Como por exemplo, ir aos museus da cidade.

Começo pelos museus porque nada mais impressiona tanto do que ver o Altar de Pérgamo, os imensos painéis babilônicos, os portões de Mileto ou a fachada do Palácio de Mshatta, no fantástico Pergamonmuseum. São obras que emocionam pela beleza, grandiosidade e valor histórico.

Com igual entusiasmo, eu diria que ir ao Museu Egípcio que está inserido no Neues Museum, é uma experiência imprescindível mesmo para os que já tiveram a oportunidade de conhecer o Museu do Cairo.
Dito isso, Berlim é uma cidade dinâmica que oferece com excelência arte, música, arquitetura, história, gastronomia e compras.

Visitar lugares emblemáticos como o Portão de Brandemburgo ou tocar no que sobrou do muro que um dia separou a cidade, são claro o que todos querem e devem fazer.

Porém não deixe se possível, ir a um concerto da Filarmônica de Berlim. A orquestra está entre as melhores do mundo e o repertório é de alta qualidade. A sala tem uma acústica perfeita e depois dos espetáculos é possível comprar CDs a preços camaradas, se comparados aos daqui, e com uma grande variedade, na loja que está no foyer.

Perto da sede da Filarmônica, está Potsdamerplatz, uma praça que é um dos principais pontos de Berlim, cercada de prédios modernos e de uma importante estação do metro. Ali estão pedaços do Muro divisor. Não sei se “se bem feito” ou não, mas o que resta está impregnado de coisas escritas e desenhadas, sem falar nos chicletes colados, tampinhas de garrafa e coisas que não identifiquei. Mas faz sucesso com os turistas.

No entorno, o complexo da Sony, o Sony Center com teatro, restaurantes, cinema, lojas, etc., todo em aço e vidro. À noite é bastante interessante ver a cúpula gigante do centro, mudar por diferentes cores.



pacotes-de-viagens-para-berlim-alemanha
pacotes-de-viagens-para-berlim-alemanha pacotes-de-viagens-para-berlim-alemanha pacotes-de-viagens-para-berlim-alemanha pacotes-de-viagens-para-berlim-alemanha pacotes-de-viagens-para-berlim-alemanha pacotes-de-viagens-para-berlim-alemanha pacotes-de-viagens-para-berlim-alemanha pacotes-de-viagens-para-berlim-alemanha pacotes-de-viagens-para-berlim-alemanha pacotes-de-viagens-para-berlim-alemanha pacotes-de-viagens-para-berlim-alemanha pacotes-de-viagens-para-berlim-alemanha pacotes-de-viagens-para-berlim-alemanha pacotes-de-viagens-para-berlim-alemanha pacotes-de-viagens-para-berlim-alemanha pacotes-de-viagens-para-berlim-alemanha pacotes-de-viagens-para-berlim-alemanha pacotes-de-viagens-para-berlim-alemanha pacotes-de-viagens-para-berlim-alemanha pacotes-de-viagens-para-berlim-alemanha pacotes-de-viagens-para-berlim-alemanha pacotes-de-viagens-para-berlim-alemanha pacotes-de-viagens-para-berlim-alemanha pacotes-de-viagens-para-berlim-alemanha pacotes-de-viagens-para-berlim-alemanha pacotes-de-viagens-para-berlim-alemanha pacotes-de-viagens-para-berlim-alemanha pacotes-de-viagens-para-berlim-alemanha pacotes-de-viagens-para-berlim-alemanha pacotes-de-viagens-para-berlim-alemanha pacotes-de-viagens-para-berlim-alemanha pacotes-de-viagens-para-berlim-alemanha pacotes-viagens-berlim-alemanha

Fotos: Angela Güzey

  

E juntando dois programas dos mais agradáveis, em sugiro uma ida, ou várias, ao KaDeWe.  Sigla de uma enorme loja de departamentos de nome Kaufhaus des Westens, o lugar além de ser um templo ao consumo, é também um centro de gastronomia.Com diferentes “ilhas” de diversos produtos como pães, frios e embutidos, queijos, chocolates e muito mais, o melhor está em se sentar nas disputadas mesinhas (dependendo da hora), e saborear desde uma torta maravilhosa até uma lagosta inesquecível! Boa oportunidade também para você testar as famosas salsichas acompanhadas de uma boa cerveja. Estude um pouco os tipos de salsichas antes de pedir, pois os nomes não são os mais fáceis nem tampouco a variedade pequena...

Um passeio pelo jardim que predomina a cidade, o Tiergarten é ótimo programa nos meses mais quentes. Assim como fazer um mini cruzeiro pelo Rio Spree. O rio “serpenteia” pela cidade e está perto de várias áreas importantes. Inclusive da Ilha dos Museus, que além dos museus que já citei, está a bela Berliner Dom, a catedral protestante de Berlim. A sua imponência impressiona. O que me chamou atenção, é que na parte superior da catedral, há um espaço onde estão fones de ouvido e se pode ouvir música clássica de autores diferentes. Há também uma cripta com sarcófagos dos Hohenzollern, soberanos do Império Alemão, muito interessante de ser visitada.

Berlim é um exemplo de como é possível, renascer e renovar. Uma capacidade humana essencial e nobre.

ANGELA  GÜZEY - é psicóloga por vocação, e viajante e fotógrafa por paixão -

Termos de Uso do Portal
Este portal é de propriedade da Fui Viagens e Turismo, a qual se exime de qualquer ônus decorrente do mal uso das informações aqui disponíveis. Todo conteúdo - texto, imagens, vídeos, links -  deste portal é de propriedade intelectual privada. Sua divulgação - mesmo que parcial - não está autorizada.

Fui Viagens - Nossa Sra. de Copacabana 1183 Cobertura 2 - CEP 22070-011- Rio de Janeiro - Tel: +55 21 2227 3164 - 2113 9050 - info@fuiviagens.com.br
Horários de funcionamento: De Segunda à Sexta: 09:00 - 18:00 - Sábado e Domingo: Fechado
© 2018 FUI VIAGENS BRASIL - Todos os direitos reservados