INFORME FUI

 

OSLO

 

Chegar à Oslo pelo mar, a bordo de um imenso ferryboat, como no meu caso, logo se está no centro da cidade. Essa área portuária está diante das muralhas da fortaleza que um dia existiu aqui, o Forte de Akershus. Nos dias de hoje, embora de domínio militar, é possível visitá-lo. E vale a pena. Além de uma privilegiada vista da cidade, é também muito bonito. No interior do forte está um palácio de mesmo nome, uma igreja e dois museus. Há jardins com bancos, onde se respira um ar delicioso e puro. Subindo até o alto pode-se caminhar pela beira das muralhas e dar uma volta completa, ou entrar e sair por lugares diferentes.

Um dos acessos está a poucos passos de um largo chamado Kvadraturen, um local histórico onde estão edificações dos séculos XVII e XVIII. No centro, uma escultura sinaliza o ponto onde o então Rei Cristian IV, decidiu que começaria a reconstrução da cidade depois de um grande incêndio que a destruiu. O entorno é muito agradável e tem bons e variados restaurantes. O Café Skansen é charmoso, tem mesinhas do lado de fora (quando o tempo permite, claro), e a comida é boa. Seguindo desse ponto à pé com auxilio de um mapa, vá em direção à Opera House de Oslo. O prédio vai ganhando impressionantes proporções, à medida que você vai se aproximando. Tudo ali é grandioso com seus mais de 38 mil m², uma enorme estrutura de metal e vidro na fachada principal e umas rampas de granito branco vertiginosas! Ali são apresentados espetáculos de ballet, óperas e concertos. Nem precisava. O lugar é uma das maiores atrações turísticas da cidade, pois sua parte externa é “palco” para consertos, ensaios fotográficos e até para brincadeiras, onde crianças descem as rampas com seus patinetes...imagino o que não fazem no inverno!

O projeto é também premiadíssimo, com toda justiça. Dentro no lobby, há um café e um restaurante.

Praticamente ao lado da Opera House, está a estação central de Oslo. Dentro tem uma Forex, que acho sempre uma boa opção quando o assunto é trocar dinheiro. Lembre-se que aqui a moeda é a coroa norueguesa e que Oslo é uma cidade cara.

Em frente a estação estão as principais ruas de comércio, sendo que a Karl Johans Gate (“gate” significa rua) é só de pedestres. O comércio vai ficando melhor e mais sofisticado à medida que nos distanciamos da estação central e vamos em direção ao Palácio Real na outra “ponta”. Há inúmeras lojas de todos os tipos e você poderá ver o adorável design norueguês em artigos que vão dos móveis aos sapatos, como a House of Oslo ou na  Paleet, por exemplo.


viagens-oslo-pacotes-noruega-escandinávia
viagens-oslo-pacotes-noruega-escandinávia viagens-oslo-pacotes-noruega-escandinávia viagens-oslo-pacotes-noruega-escandinávia viagens-oslo-pacotes-noruega-escandinávia viagens-oslo-pacotes-noruega-escandinávia viagens-oslo-pacotes-noruega-escandinávia viagens-oslo-pacotes-noruega-escandinávia viagens-oslo-pacotes-noruega-escandinávia viagens-oslo-pacotes-noruega-escandinávia viagens-oslo-pacotes-noruega-escandinávia viagens-oslo-pacotes-noruega-escandinávia viagens-oslo-pacotes-noruega-escandinávia viagens-oslo-pacotes-noruega-escandinávia viagens-oslo-pacotes-noruega-escandinávia viagens-oslo-pacotes-noruega-escandinávia viagens-oslo-pacotes-noruega-escandinávia viagens-oslo-pacotes-noruega-escandinávia viagens-oslo-pacotes-noruega-escandinávia viagens-oslo-pacotes-noruega-escandinávia viagens-oslo-pacotes-noruega-escandinávia viagens-oslo-pacotes-noruega-escandinávia viagens-oslo-pacotes-noruega-escandinávia

Fotos: Angela Güzey

 

Para um passeio maravilhoso, o Parque Vigeland. É um parque muito grande onde estão cerca de 200 esculturas por lá espalhadas, e todas do mesmo artista, Gustav Vigeland. As figuras são sempre de pessoas, adultos e crianças, na sua maioria em situações cotidianas. No alto do parque está um monólito de 14 metros de figuras humanas entrelaçadas. Note que esse lugar é muito freqüentado pelos moradores, é lá que nas estações mais quentes o pessoal se reúne para piqueniques, passear com os filhos, ou para uma boa caminhada.
 
Quanto aos museus, eu destacaria o Munch, para ver a obra desse famoso norueguês, e o museu de barcos viking, o Vikingskiphuset. Para esse último e outros museus, é necessário pegar um barco que sai do porto próximo ao Forte de Akerhus.

Oslo também é aonde são premiadas as personalidades com o Nobel da Paz. É interessante conhecer o local das premiações e ver os imensos painéis que cobrem o interior do prédio, a sala onde fazem as votações, enfim  estar em um lugar tão emblemático onde pisaram pessoas como Madre Teresa de Calcutá, Nelson Mandela ou Barack Obama.

Oslo, uma adorável capital de um belo país.

ANGELA  GÜZEY - é psicóloga por vocação, e viajante e fotógrafa por paixão -

Termos de Uso do Portal
Este portal é de propriedade da Fui Viagens e Turismo, a qual se exime de qualquer ônus decorrente do mal uso das informações aqui disponíveis. Todo conteúdo - texto, imagens, vídeos, links -  deste portal é de propriedade intelectual privada. Sua divulgação - mesmo que parcial - não está autorizada.

Fui Viagens - Nossa Sra. de Copacabana 1183 Cobertura 2 - CEP 22070-011- Rio de Janeiro - Tel: +55 21 2227 3164 - 2113 9050 - info@fuiviagens.com.br
Horários de funcionamento: De Segunda à Sexta: 09:00 - 18:00 - Sábado e Domingo: Fechado
© 2018 FUI VIAGENS BRASIL - Todos os direitos reservados