INFORME FUI

 

COIMBRA


Coimbra sempre me veio à lembrança em forma de uma antiga canção que falava de uma “fonte dos amores” que rimava com “doutores”.

Portanto fui acrescentando informações com o passar dos anos a esses versos.

Da Fonte dos Amores, tive a experiência de estar hospedada justo em um hotel em que cujas dependências está a tal fonte.

A isso se soma toda a estória de amor que a ela corresponde: a de Dom Pedro I que se apaixona perdidamente por Dona Inês de Castro, uma aia de sua futura esposa, e um desenrolar emocionante e comovente para tudo isso.

Escutar essa estória fará parte do seu aprendizado e apresentação de Coimbra. Assim como a cidade dos “doutores”, que darão toda a ênfase na existência da Universidade de Coimbra, um emblema dos mais tradicionais pela sua antiguidade e beleza histórica.

A cidade está numa colina. Portanto aconselho conhecer Coimbra começando pelo topo, onde estão os prédios da universidade e vários lugares de interesse. Para isso você poderá pegar um ônibus ou taxi.

Há uma estação para desembarque próxima a entrada chamada Porta Férrea, que dá acesso ao Paço das Escolas. Antes de cruzar a Porta, que é na verdade uma passagem, você poderá adquirir ingressos para a visita da Biblioteca Joanina, um dos muitos lugares que não se deve deixar de ir, e que está após essa entrada. As visitas são agendadas com hora marcada. Aproveite para ver depois de cruzar a Porta Férrea para esse grande paço, os belos prédios do entorno, como a Capela de São Miguel e a Torre da Universidade. Na torre, os sinos norteiam os estudantes.

E nada mais típico do que vê-los com suas capas pretas compridas e esvoaçantes...! Assim os “doutores” da canção ganharam corpo e movimento!

Depois de visitar todo esse conjunto de prédios, vá lentamente descendo pelas laterais das íngremes ladeiras de Coimbra.

Não faltarão interessantes igrejas como a da Sé Nova, o agradável Jardim Botânico precedido de um aqueduto, ou o bonito sobre vários aspectos, Museu Nacional Machado de Castro.

Ali está um restaurante que tem uma panorâmica da cidade sensacional. Como restaurante é fraco, mas a vista compensa. Portanto tome alguma coisa apreciando a paisagem e deixe para comer em outro lugar.


Coimbra
Coimbra coimbra coimbra coimbra passeio-coimbra passeio-coimbra passeio-coimbra passeio-coimbra passeio-coimbra passeio-coimbra passeio-coimbra passeio-coimbra excursão-coimbra excursão-coimbra excursão-coimbra excursão-coimbra excursão-coimbra excursão-coimbra excursão-coimbra excursão-coimbra viagem-coimbra viagem-coimbra viagem-coimbra viagem-coimbra viagem-coimbra viagem-coimbra viagem-coimbra viagem-coimbra Coimbra Coimbra

Fotos: Angela Güzey
  
Gosto de ver como o azul dos céus de Portugal faz lindo pano de fundo para suas edificações. Na parte baixa da cidade, as ruelas se ampliam dando passo a zona ribeira, com o Rio Mondego dominando o cenário.

A ponte de Santa Clara é o principal cruzamento para a outra margem do rio, e onde está o mosteiro de Santa Clara, a velha. Se trata do lugar onde foram levadas pela Rainha Dona Isabel, as irmãs da ordem monástica das Clarissas. Imagine que com as cheias do Rio Mondego, o mosteiro teve que ser elevado para um patamar acima, deixando em ruínas toda a área edificada originalmente. Pois tudo isso ganhou valor historio e arqueológico, se tornando parte essencial do roteiro pela cidade. Um passeio maravilhoso.

Coimbra, como boa parte do país, tem em seus doces quase uma instituição! Mas deixando essas delícias para as muitas pastelarias que você achará pela frente, sugiro um jantar caprichado e romântico no restaurante da Quinta das Lágrimas.

Nada combina mais com a cidade do que jantar nas dependências de um lindo edifício de século XVIII, em meio a um jardim encantador. Encantador mesmo.

Dizem que Dona Inês, sim aquela de Dom Pedro, ainda está por ali, à procura dele, seu eterno amor...!

Coimbra me soa agora como mais como um fado, daqueles que extraem poesia do sofrimento, da beleza e das saudades que sentimos por alguém ou um lugar.

ANGELA  GÜZEY - é psicóloga por vocação, e viajante e fotógrafa por paixão -




Termos de Uso do Portal
Este portal é de propriedade da Fui Viagens e Turismo, a qual se exime de qualquer ônus decorrente do mal uso das informações aqui disponíveis. Todo conteúdo - texto, imagens, vídeos, links -  deste portal é de propriedade intelectual privada. Sua divulgação - mesmo que parcial - não está autorizada.

Fui Viagens - Nossa Sra. de Copacabana 1183 Cobertura 2 - CEP 22070-011- Rio de Janeiro - Tel: +55 21 2227 3164 - 2113 9050 - info@fuiviagens.com.br
Horários de funcionamento: De Segunda à Sexta: 09:00 - 18:00 - Sábado e Domingo: Fechado
© 2018 FUI VIAGENS BRASIL - Todos os direitos reservados