INFORME FUI


SANTIAGO DE COMPOSTELA


Não importa como você chegue. E tampouco suas crenças religiosas ou convicções.

O encontro com a emoção é certo por aqui.

Santiago de Compostela encanta com suas ruas labirínticas onde ouvimos tantas línguas diferentes.

Pela cidade, a animada música galega reúne grupos de visitantes, quase sempre debaixo de algo que os proteja da chuva incessante que insiste em cair. Sim, chove bastante e a chuva faz parte do folclore local.

Mas o entusiasmo também é insistente. Um entusiasmo que nos faz suportar o enorme contingente de pessoas que querem enfim, adentrar a famosa catedral, Patrimônio da Humanidade pela UNESCO desde 1985.

Entre santos e profetas, todos desejam tocar suas paredes e imensas colunas, ver em ação o gigantesco incensário (que só é possível em algumas ocasiões, como na missa dos peregrinos aos domingos, por exemplo), tirar fotos de todos os ângulos e surpreendentemente, abraçar a figura em pedra do apostolo. Sim, isso é possível.

A fachada oeste da catedral na Praça do Obradoiro requer um tempo para ser admirada e assimilada. Para alguns, um momento de realização espiritual, enquanto para outros, puro êxtase diante da grandiosidade e beleza do conjunto histórico. São tantos os detalhes que formam aquela “estampa”...!  As pessoas se acotovelam e muitas se deitam no chão, em geral cansados peregrinos, na esperança que aquela imensidão de fachada caiba dentro de seu ângulo de visão! 

Na mesma praça está o que antes foi um hospital para doentes e viajantes que estavam em peregrinação pela cidade. Hoje, é um belo Parador, em estilo arquitetônico espanhol renascentista, um hotel que além do mais, tem um espetacular restaurante.

Se quiser uma dica mais econômica e menos luxuosa, experimente o “Dezaseis” na rua San Pedro. Um restaurante ou em puro galego, uma “casa de xantar” (simpático, não?), para comer os “pementos do pequiño” e empanadas da casa.

Lembre-se que na Espanha em geral, os horários para se comer são sempre mais tarde do que estamos habituados. Almoços começam a partir das 14:00 na maior parte das vezes.

 


viagem-santiago-de-compostela
viagem-santiago-de-compostela santiago-de-compostela santiago-de-compostela santiago-de-compostela santiago-de-compostela santiago-de-compostela santiago-de-compostela santiago-de-compostela santiago-de-compostela santiago-de-compostela santiago-de-compostela santiago-de-compostela santiago-de-compostela santiago-de-compostela santiago-de-compostela santiago-de-compostela santiago-de-compostela santiago-de-compostela santiago-de-compostela santiago-de-compostela santiago-de-compostela santiago-de-compostela santiago-de-compostela santiago-de-compostela santiago-de-compostela santiago-de-compostela santiago-de-compostela santiago-de-compostela santiago-de-compostela santiago-de-compostela viagem-santiago-de-compostela

Fotos: Angela Güzey

  

E embora conhecer a catedral seja o principal propósito para muitos, a cidade reserva descobertas surpreendentes como a bela e sóbria Igreja de San Martin Pinario, com uma interessante exposição de peças religiosas.

Ou um passeio pelo Parque da Alameda, que está no limite do centro histórico. Em uma zona de muito verde e muito agradável, o parque em alguns pontos possibilita ver o belo perfil da cidade, tendo a catedral e outras cúpulas e torres de igrejas como pano de fundo.

Outro programa importante a ser feito é ir ao Museu do Povo Galego, onde você poderá entender e conhecer melhor a cultura desse povo e dessa região. É praticamente um museu antropológico. Há coleções bastante pitorescas e o prédio em si que já foi um convento, é muito bonito.

O Mercado de Abastos é o segundo lugar mais visitado da cidade. É um mercado de produtos frescos, aonde predominam os peixes e mariscos. É movimentadíssimo! É o lugar certo para comer um polvo “a la feira”, cortado à tesoura na sua frente!

Santiago de Compostela é cheia de símbolos incrustados em suas ruas, praças e construções.

A cidade é em si simbólica, assim como sua passagem por ela será também. Peregrino ou não, um cajado e uma vieira formarão parte de suas lembranças para sempre.

ANGELA  GÜZEY - é psicóloga por vocação, e viajante e fotógrafa por paixão -

Termos de Uso do Portal
Este portal é de propriedade da Fui Viagens e Turismo, a qual se exime de qualquer ônus decorrente do mal uso das informações aqui disponíveis. Todo conteúdo - texto, imagens, vídeos, links -  deste portal é de propriedade intelectual privada. Sua divulgação - mesmo que parcial - não está autorizada.

Fui Viagens - Nossa Sra. de Copacabana 1183 Cobertura 2 - CEP 22070-011- Rio de Janeiro - Tel: +55 21 2227 3164 - 2113 9050 - info@fuiviagens.com.br
Horários de funcionamento: De Segunda à Sexta: 09:00 - 18:00 - Sábado e Domingo: Fechado
© 2018 FUI VIAGENS BRASIL - Todos os direitos reservados