INFORME FUI 

MÉRIDA


A Espanha é um país surpreendente, com cidades e regiões que sempre trazem encantamento. Parte desse sucesso se deve a vocação do país pela preservação de seu patrimônio. Mérida é um bom exemplo.

Capital da Estremadura, a partir da cidade de Badajoz é possível aceder à Mérida em pouco mais de meia hora em trem. Uma viagem agradável feita nos trens regionais do país.

Se você estiver alerta a paisagem a sua volta durante a viagem, verá que um pouco antes da chegada à cidade de Mérida, surgirá o aqueduto de "Los Milagros". A aproximação que vai lhe dando a real dimensão desse monumental aqueduto que se estende por mais de 800 metros, com arcos altíssimos, e que faz jus ao nome até os dias atuais.

Mérida é uma cidade que se funda no ano 25 AC. Um lugar onde a história é visível e palpável na sua belíssima zona arqueológica. Eu diria que a visita a esta área é uma experiência maravilhosa, mágica mesmo, dado o estado das edificações. Seu conjunto é Patrimônio da Humanidade.

Você pode começar a visita ao sítio arqueológico depois de adquirir os ingressos na "taquilla".  Ao entrar, vá contornando pela esquerda até atingir o imenso anfiteatro. Pense que ali se davam as lutas tão populares naquela época, entre gladiadores e feras, e outros jogos de lutas entre homens.

É possível percorrer ao redor das arquibancadas em uma passarela, e descer até a arena. Saindo do anfiteatro, entrando por uma passagem lateral em arco, o aparecimento do teatro romano é quase um baque!

Estive lá em um magnífico dia de céu azul, o que dava um contraste muito vivo para bela estrutura em mármore e pedra. Colunas altíssimas, estátuas de imperadores e outros deuses formam um conjunto deslumbrante. No vão central está sentada à deusa Ceres.

Detrás deste conjunto está ainda a Casa do Teatro, que se supõe ser reminiscências de uma das mais antigas igrejas onde se reuniam comunidades cristãs. Você vai poder ver o chão de mosaicos e alguns afrescos. Jardins, grandes ciprestes e recantos muito agradáveis dão o arremate final.

Durante o verão, acontece o Festival de Teatro Clássico, com espetáculos de música, dança e até opera. Sem dúvida uma outra forma de desfrutar de um lugar tão impressionante.




 


passeio-merida
passeio-merida viagem-merida merida excursao-merida excursao-merida merida excursao-merida excursao-merida viagem-merida passeio-merida passeio-merida merida merida excursao-merida passeio-merida passeio-merida passeio-merida passeio-merida passeio-merida passeio-merida viagem-merida viagem-merida viagem-merida viagem-merida viagem-merida viagem-merida viagem-merida viagem-merida merida merida merida merida merida merida merida merida merida

Fotos: Angela Güzey
  
Pausa para o almoço! Optei ao acaso, por um restaurante bem em frente ao meu próximo destino: o Museu Nacional de Arte Romano. Aparentemente nada de mais, até provar umas lulas fritas tão sequinhas, acompanhadas de uma salada típica espanhola regada com aquele azeite verde, frutado e delicioso... Uma refeição leve para me preparar ao meu programa favorito em qualquer lugar do mundo que é ir à museus. Esse era especial, pois há muito tempo ouvia falar dele.

O museu tem um acervo espetacular. Ali estão as peças originais encontradas no sítio arqueológico desde a fundação de Mérida, até o século V. O prédio do museu é amplo, com pé direito alto como são os arcos do aqueduto da cidade. Há gente muito capacitada para lhe ajudar a esclarecer algum detalhe. Puxei assunto com uma das funcionárias, que incentivada pelo meu interesse, me conduzia a observar detalhes das peças expostas que fugiam do meu olhar. Fiquei francamente bem impressionada com o conhecimento dela. E agradecida também!

Mérida é uma cidade pequena, portanto reserve um tempo, se sua visita for de um dia, para dar uma volta pelo centro e conhecer outras atrações. Como por exemplo o Templo de Diana próximo à Praça de Espanha. Dali você pode seguir em direção ao Rio Guadiana, que se cruza por uma ponte romana. Uma grande variedade de lojas de souvenir e artesanato são a distração mais frugal de Mérida.

Tudo isso você pode fazer tranquilamente a pé. Se sua visita for um "bate e volta" de Badajoz, asseguro que será um dia inesquecível!

ANGELA  GÜZEY - é psicóloga por vocação, e viajante e fotógrafa por paixão -



Termos de Uso do Portal
Este portal é de propriedade da Fui Viagens e Turismo, a qual se exime de qualquer ônus decorrente do mal uso das informações aqui disponíveis. Todo conteúdo - texto, imagens, vídeos, links -  deste portal é de propriedade intelectual privada. Sua divulgação - mesmo que parcial - não está autorizada.

Fui Viagens - Nossa Sra. de Copacabana 1183 Cobertura 2 - CEP 22070-011- Rio de Janeiro - Tel: +55 21 2227 3164 - 2113 9050 - info@fuiviagens.com.br
Horários de funcionamento: De Segunda à Sexta: 09:00 - 18:00 - Sábado e Domingo: Fechado
© 2018 FUI VIAGENS BRASIL - Todos os direitos reservados